Vereador de Indaial preso por furto em BC, é solto após pagar fiança

Rede Walmart BIG confirma furto de mercadorias, defesa de vereador cita mal-entendido, fiança para soltura foi aproximadamente R$ 6 mil

O caso envolvendo a prisão do vereador Antônio Carlos Fink (PSDB), presidente da Câmara de Indaial, por furto em supermercado teve mais desdobramentos no final de semana, a assessoria de imprensa do Hipermercados BIG - Walmart Brasil informou a ocorrência de furto de mercadorias.

“o Walmart confirma a ocorrência registrada em sua unidade BIG de Balneário Camboriú (SC) na tarde da última sexta-feira (21) envolvendo o furto de mercadorias. A empresa está fornecendo todas as informações às autoridades policiais do município.”, diz a nota enviada e imprensa.

O delegado regional Fábio Osório, informou que o vereador Fink pagou fiança de cerca de R$ 6 mil reais e foi solto. A Polícia Militar de Balneário Camboriú confirmou a prisão do vereador, após acionamento da equipe de seguranças do Big.

Nesta segunda-feira (24) o advogado Vilmar Quizzeppi, que representa o vereador Antônio Carlos Fink (PSDB), concedeu entrevista ao jornalismo Nova FM e mais uma vez reiterou que a situação “não passa de um mal entendido”.

Quizzeppi informou que hoje vai tomar conhecimento dos autos que serão enviados ao judiciário para peticionar ações que possam elucidar o caso e provar que o vereador foi vítima de um mal entendido.

Judson Lima/Nova FM
Fotos:Reprodução



Parceiros



Anuncie aqui