Anielle diz que 'buraco negro' é termo racista e provoca reações na internet

  • BRASIL -
  • 03/11/2023
  • 10898 Visualizações
img

A ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco, afirmou que os termos "buraco negro" e "denegrir" são racistas. 


A declaração foi feita no programa "Bom dia, Ministro", da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), na quarta-feira (1º).


 


“Denegrir é uma palavra que o movimento negro e que as pessoas que têm letramento racial não usam de forma nenhuma. Ou, por exemplo: ‘saímos desse buraco negro’. A gente escuta muito isso”, disse a ministra.


 


O buraco negro é uma região do espaço onde o campo gravitacional é tão forte que nem mesmo a luz consegue escapar de dentro dele. Por isso é chamado de buraco negro.


 


No entanto, Anielle apontou que muitas pessoas usam o termo no sentido figurado e que isso seria considerado uma expressão racista. A palavra "denegrir" também costuma ser utilizada no sentido figurado para expressar a ideia de manchar a reputação de alguém.


 


Durante a conversa, a ministra ainda contou que costuma corrigir pessoas que usam termos considerados racistas. "Hoje existem muitas palavras que a gente tem tentado muito, sempre que a gente pode, comunicar de maneira bem tranquila e dizer: ‘Olha, essa palavra é racista'", pontuou.


Diário do Nordeste 



Parceiros